Conecte-se

Ziulkoski deve participar do Diálogo Municipalista e do Cidades Históricas, em Foz do Iguaçu (PR)

Espalhe esse conteúdo:

Facebook Twitter Google+
Sexta, 10 de novembro de 2017.

Ag. CNM Está prevista a participação do presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, no Diálogo Municipalista, em Foz do Iguaçu (PR), entre os dias 27 a 30 de novembro. A série de eventos promovida pela Confederação, desde de junho, em parceria com as entidades estaduais e regionais, propõe reunir representantes do Executivo e do Legislativo municipal. Durante a programação do encontro, ocorrerá 4º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial.

A ampla programação do evento prevê debates institucionais, políticos e técnicos. Como por exemplo: iniciativas e boas práticas para uma gestão de qualidade; projetos inovadores desenvolvidos pela CNM; pauta política do movimento municipalista e articulação no Congresso Nacional; e qualificação da gestão dos destinos turísticos, Plano Nacional de Gestão do Patrimônio Mundial e inventário da oferta turística.

Também está prevista a segunda reunião do grupo de trabalho ampliado do Movimento Mulheres Municipalistas (MMM), além de palestra sobre planejamento, gestão e ações de saúde e encontro de vereadores.

Plenária
Na ocasião, Ziulkoski deve apresentar as recentes conquistas obtidas pelo movimento municipalista e as ações necessárias para o final deste primeiro ano de mandato. “Estamos orientando, dizendo que é preciso criar meios para não extrapolar os limites estabelecidos pela LRF [Lei de Responsabilidade Fiscal] para não perder o prumo da administração”, destaca o líder municipalista.

Se a crise enfrentada atualmente tem tirado o sono de muitos prefeitos, a tendência é que o próximo ano seja ainda mais difícil. “Além dos programas federais subfinanciado e sem previsão de reajuste, o teto de gastos congelou os investimentos”, lembrou o presidente da CNM. Dentre as ações para incrementar as finanças, a CNM orienta para o desenvolvimento do turismo como uma boa estratégia.  

Leia também: Foz do Iguaçu (PR) sedia Diálogo Municipalista e 4º Encontro das Cidades Históricas Turísticas